terça-feira, 9 de abril de 2013

Serpentes peçonhentas do Brasil

 
 
As serpentes peçonhentas no Brasil estão agrupadas em 4 gêneros:
  1. SERPENTES DO GÊNERO BOTHROPS (Jararacas, Jararacuçus, Urutus, etc.)
  2. SERPENTES DO GÊNERO CROTALUS (Cascavéis ,etc.).
  3. SERPENTES DO GÊNERO LACHESIS (Surucucu pico-de-jaca,etc.).
  4. SERPENTES DO GÊNERO MICRURUS (Corais,etc.).


1.SERPENTES DO GÊNERO BOTHROPS:

As serpentes chamadas jararacas, do gênero Bothrops, que habitam principalmente zonas rurais e periferias de grandes cidades, apresentam comportamento agressivo quando se sentem ameaçadas, desferindo botes sem produzir ruídos...

São as Jararacas, Jararacuçus, Urutus, etc. e fazem parte da Família Viperidae.

São responsáveis por cerca de 90% do acidentes em todo o Brasil. Seu veneno possui ação proteolítica, causando dor, edema e hemorragias, podendo ocasionar necrose.
O soro específico para esse tipo de acidente é o soro antibotrópico.

Jararaca
Jararacuçu
Urutu
 


2. SERPENTES DO GÊNERO CROTALUS:

São as Cascavéis e apresentam como característica a presença de um chocalho na ponta de sua cauda e fazem parte da Família Viperidae. Seu veneno apresenta ação neurotóxica, miotóxica e coagulante.
O soro específico para o veneno da picada da cascavel é o anticrotálico.

São de hábitos crepusculares e noturnos e alimentam-se de pequenos mamíferos. São caracterizadas por possuírem chocalho na extremidade de cauda que, quando excitada denuncia sua presença pelo ruído característico do guizo ou chocalho, o qual é formado por resíduo de pele a cada muda, que é acrescentado aos anteriores.

Habita regiões de clima seco e quente. Ocorre nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.


Cascavél


3.SERPENTES DO GÊNERO LACHESIS:

São conhecidas como surucucu pico-de-jaca, apresentando espinhos na região posterior da cauda e fazem parte da Família Viperidae. Seu veneno apresenta características semelhantes ao veneno de jararacas. Esta é a maior cobra venenosa das Américas.
O soro específico para o veneno da picada desse grupo é o antilaquético.
Surucucu pico-de-jaca




4.SERPENTES DO GÊNERO MICRURUS:

São as corais verdadeiras e fazem parte da Família Elapidae. Seu veneno apresenta ação neurotóxica e miotóxica e apesar de ocorrerem em baixa incidência (menos de 1%), os acidentes causados por esses animais são extremamente graves.



O soro específico para o veneno das corais verdadeiras é o antielapídico.

Nenhum comentário: