segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Lora (Philodryas viridissima)


 
Nome comum: LoraNome científico: Philodryas viridissima.Localidade: SurinameDistribuição geográfica: Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Suriname, Peru, Suriname e VenezuelaDistribuição conhecida na Venezuela: Amazonas, Bolívar, Monagas.




Descrição: presente floco Rostral pouco visível de cima, loreal, um preocular e dois postocular, temporária 1 + 2 ou 1 + 3. Tem oito (4,5) supralabials, infralabials número variável, dois pares de geneiales. Os 19-17 escamas dorsais, ventrais 206-228, 91-131 subvolumes, em duas fileiras, placa cloacal, de casal.
Opistoglifa tem dentes e são capazes de injetar pequenas quantidades de veneno com efeitos muito fortes que causam sintomas alarmantes. Ele se move muito rápido e isso é considerado uma cobra particularmente perigosa.
A coloração desta espécie é completamente verde em todo o corpo, com a cabeça ligeiramente mais escuro do que o resto do corpo e são azulada infralabials e no pescoço.



Sexo Philodryas (Wagler 1830), é composto por 21 espécies sul-americana cobra diurnos e arborícolas, terrestres ou terrestre-arbóreo. (Natera e Manzanilla 2000).
Para a Venezuela identificou três espécies do gênero Philodryas: Philodryas cordata (Donnelly & Myers, 1991), endêmica Guaquinima Tepui no Estado Bolívar. Philodryas olfersii herbea Wied 1825, marcado para os estados do Amazonas, Bolívar, Carabobo e Guárico (Thomas Dixon e 1975, Natera e Manzanilla 2000) e Philodryas viridissima no Amazonas, Bolívar, Monagas (Roze 1966, Thomas 1976, Lancini 1979; Natera
, Diasparra, Novoa e Jimenez no prelo).


Esta espécie arbórea mostra um comportamento defensivo complexo que envolve a abertura da boca, juntamente com a posição da porção anterior do corpo em forma de S e do corpo comprimido lateralmente, todos apresentados, ao mesmo tempo em que a é de cerca de cobra jogando ramos
morder (Marques, 1999; Natera, Diasparra, Novoa e Jimenez no prelo), embora apenas ocasionalmente disparando repetidamente tenta morder quando tentava fugir.



A picada desta espécie provoca significativo inchaço, dor e descoloração, tal como ilustrado por Campbell & Lamar (1989) (il. 1409) desenvolveram um outro caso o suficiente para aplicar um inchaço faciotomia.
Ele se alimenta principalmente de roedores, sapos, lagartos e pequenos pássaros. Pode ser apreciado dimorfismo sexual no tamanho da fila.
É uma cobra agressiva.
Cobra venenosa.