quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Naja naja kaouthia

JPEG - 199.2 kb
 
Uma cobra indiana (Naja naja kaouthia) em seu desfile defensiva.Os dipsadines outros são um pouco mais parecidos com os colubers clássicas, tais como as espécies de Sibynomorphus género, porque eles não têm alguns caracteres típicos da arbóreo, como a lateral achatamento do corpo e as escalas alargadas dorsal.


A família do Elapids (Elapidae) não é subdividida em qualquer subfamília.


O elapids são parentes próximos aos colubrídeos, tanto que alguns herpetólogos até mesclar as duas famílias, mas, ao que parece, não é possível considerá-los como descendentes presentes e mais evoluído dos colubers clássicos.


Apesar da ausência quase completa de achados paleontológicos, sua abundância e sua diversificação, na Austrália, mostram que eles formam um grupo antigo.


A família está localizada nas regiões quentes, mas a Austrália, onde se espalha também na zona temperada, e tem origem no sudeste da Ásia e Indonésia.


O elapids, numerosos na África, não têm, porém, chegou a Madagascar. Um pequeno grupo, formado por alguns gêneros, mas por muitas espécies, vive na América tropical e subtropical.


Alguns elapids são grandes serpentes terrestres, ativa e forte, assemelhando-se na aparência e no comportamento de vários colubers como os Ptyas asiáticos ou a cobra Montpellier da região do Mediterrâneo.


Os mais famosos são, sem dúvida, a cobras (gênero Naja), devido ao seu número e os desfiles vistosas defensivas que os caracterizam, com a parte anterior do corpo e levantando a propagação "capa".


A cobra indiana (Naja naja), atingindo o m 2,50, é difundido em todo o sul da Ásia, do Irã, ao sul da China e da Indonésia.


Este animal bonito, com uma cor que vai do areia ao negro com anéis de pouco mais pálida, às vezes muito desbotadas, é muito menos agressivo do que o que normalmente se pensa, e se considerarmos quantas pessoas vão ao redor pernas nuas, sem qualquer precaução, devido para o tipo de vestuário utilizado nessas regiões, os casos de mordedura real são surpreendentemente poucos.